Polêmica: Situação da Faculdade Faexpe é discutida em audiência pública


A situação da Faculdade Faexpe, acusada de funcionar sem o devido credenciamento do Ministério da Educação (MEC), será discutida nesta quarta-feira em audiência pública na Assembleia Legislativa. A questão surgiu após denúncia de uma ex-professora da instituição, que se desligou da Faexpe alegando que a faculdade estaria funcionando sem autorização e reconhecimento do MEC.

O deputado Rodrigo Novaes (PSD) solicitou a audiência pública para ouvir representes do MEC, representantes da Faexpe e alunos da faculdade para discutir se realmente há esse impasse e principalmente se os alunos estão, de fato, sendo prejudicados. “O objetivo dessa audiência na Assembleia será ouvir esses representantes, esclarecer as dúvidas, no sentido de fazermos os devidos encaminhamentos para proteger esses milhares de estudantes matriculados nessa entidade”, afirmou o parlamentar.

Sediada em Caruaru, a Faexpe atua em 43 municípios do interior e Sertão de Pernambuco, entre eles: Floresta, Petrolândia, Cabrobó, Tacaratu, Jatobá, Itacuruba, Serra Talhada, Belmonte e Triunfo. A audiência acontecerá amanhã,(23), às 9h30, no Plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco. (DP), foi o que informou o Blog do Elvis.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial