Serra Talhada recebe liberação para municipalização do trânsito e Duque anuncia concurso para agente trânsito


O processo de municipalização do trânsito em Serra Talhada chega à fase final. Medidas de gerenciamento, tais como implantação de sinalização e aplicação de multas por infrações, serão de obrigatoriedade do  município, que será responsável por gerenciar melhor o tráfego, além de determinar melhores condições para quem convive na cidade; que conta com uma frota de mais de 32 mil veículos.

O gestor do município, Luciano Duque, durante entrevista ao STMAIS, revelou ter recebido do Denatran – Departamento Nacional de Trânsito, o sinal verde para gerenciar o fluxo de veículos na cidade; atendendo o CTB – Código de Trânsito Brasileiro, criado em 1997, que determina aos municípios organizarem o trânsito local. O prefeito municipal, ainda adiantou que concurso público será realizado para novos Agentes de Trânsito.


“Recebemos o ofício, do Denatran e Serra Talhada já é municipalizada e nós estamos aguardando agora, o material burocrático e vamos anunciar em breve concurso público para gentes de trânsito. Efetivamente, nós tínhamos oito, e hoje só temos quatro; mas nós queremos ampliar a quantidade de agentes”, disse o gestor municipal.  

ZONA AZUL

De acordo com o chefe do executivo, “ao contrário do que muitos dizem que a Zona Azul, veio para tirar o nosso o dinheiro, não é verdade; nós vamos gerar 25 empregos”, explicou e além disso destaca:

“É importante que o cidadão entenda que, nós não podemos privatizar a área central da cidade. Hoje, um usuário chega pela manhã, sai de noite e impossibilita um cadeirante e um idoso de ter um lugar pra estacionar; ir para o comércio, para um banco”, disse.

Ainda conforme o gestor “a Zona Azul, nas cidades grandes ela veio para transformar o estacionamento em rotativo, ou seja, você vem resolve e vai embora, e aquele que for usuário do dia inteiro, ele vai procurar locais mais distantes para estacionar, e ficando o centro delimitado para atender a população e os clientes”, pontuou exemplificando.

“A Zona Azul existe no mundo inteiro e em Serra Talhada, não é novidade nenhuma fazê-la, e passamos o ano discutindo, junto com a câmara e com a sociedade. Então, hoje, o que nós podemos discutir daqui pra frente, são avanços no sentido de tornar esse modelo moderno para atender a sociedade”, finalizou.

St Mais

Comentários

Anterior Proxima Página inicial