Em Ingazeira de 7 agentes de endemias, 6 foram cortados a mando do Ministério da Saúde



Mesmo com Pernambuco sendo o estado com mais casos de microcefalia do país, os municípios ainda sofrem sem condições estruturais de combater o mosquito Aedes Aegypti. O estado que prometeu R$ 5 milhões para os municípios, não teve condições de liberar o recurso até o momento. 

E o Governo Federal através do Ministro da Saúde, Marcelo Castro, que afirmou que essa é uma situação inusitada. "Todas as hipóteses estão sendo avaliadas", durante coletiva de imprensa quando esteve em Pernambuco, até agora nada fez, e fez, no município de Ingazeira, o menor do estado tem um bom exemplo: de 07 agentes de endemias que a cidade tinha, 06 foram cortados, ficando apenas um para enfrentar o mosquito que mata. A revelação foi feita pelo Prefeito Luciano Torres falando a Rádio Pajeú no último sábado. Torres assegurou que mesmo diante das dificuldades vai manter com recursos próprios os agentes que a federação mandou demitir. Em outros municípios agentes de endemias também foram afastados pelo Ministério da Saúde. 

Por Anchieta Santos - Programa Rádio Vivo

Comentários

Anterior Proxima Página inicial