Já no volume morto, Sobradinho tem vazão reduzida pela Chesf


Sem alarde, em dezembro, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) recebeu autorização especial do Ibama e da Agência Nacional de Águas (ANA) para realizar o teste de redução da vazão de água liberada a partir do Reservatório de Sobradinho, na Bahia. O objetivo é reduzir de 900 metros cúbicos por segundo (m³/s) para 800m³/s.

Para realizar essa operação de forma gradual, a redução acontecerá em duas etapas.

A primeira deverá ocorrer de 7 a 13 de janeiro, com a vazão de 850 m³/s. De 14 a 20 de janeiro, devem ser praticados os 800m³/s.

A estatal culpa a seca pelos problemas e cita “o prolongamento da estiagem na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco”.

“O objetivo dessa redução é manter a capacidade de armazenamento de água no Reservatório de Sobradinho para garantir o uso múltiplo da água, principalmente irrigação e abastecimento humano”, afirmou o diretor de Operação da Chesf, José Ailton de Lima, em comunicado da estatal.

“Desde 2013, a falta de chuvas na Bacia do São Francisco vem se refletindo no menor armazenamento de água nos reservatórios. O de Sobradinho, de grande importância para a Região, está com o seu volume útil em torno de 2%”, diz a estatal.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial