Seis meses após a inauguração, paredes do canal da transposição cedem em Cabrobó



Em Cabrobó, no Sertão de Pernambuco, uma parte da parede do eixo norte do canal de transposição do rio São Francisco, está cedendo e a água represada para teste começou a vazar. A obra, que visa beneficiar cerca de 12 milhões de brasileiros que convivem com a seca, foi entregue pelo Governo Federal em agosto de 2015.

Com o vazamento, agricultores da região lamentam o desperdício de água e afirmam que esta não é a primeira vez que problemas ocorrem na construção, que já dura oito anos. O canal também deverá beneficiar quase 400 municípios e quatro estados da região Nordeste.

Além da parte que não resistiu à pressão da água, na transposição, outras partes da construção também apresentam riscos. De acordo com agricultores da região, os problemas vêm acontecendo há cerca de cinco meses e, até agora, este foi o mais grave.

De acordo com o Ministério da Integração Nacional, o vazamento já foi reduzido, mas a inspeção e análise do problema só serão feitas com o canal seco, depois da contenção da água.

Texto: Rádio Jornal
Vídeo: Blog Didi Galvão


Comentários

Anterior Proxima Página inicial