Fevereiro registra pior queda de emprego formal em 25 anos


empregos

O agravamento da crise econômica fez fevereiro registrar a maior queda do emprego formal em 25 anos. Segundo dados divulgados nesta terça-feira (22) pelo Ministério do Trabalho, o país fechou 104.582 postos de trabalho com carteira assinada no mês passado.

O número leva em conta a diferença entre demissões e contratações, e é o maior para fevereiro desde 1992, quando começou a pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Apenas nos últimos 12 meses, o país eliminou 1.706.985 postos de trabalho, o que equivale à diminuição de 4,14% no contingente de empregados com carteira assinada no país.

Quase todos os setores da economia demitiram mais do que contrataram em fevereiro, com destaque para comércio, indústria de transformação e construção civil. O único setor a registrar mais contratações que dispensas foi a administração pública, que criou 8.500 empregos no mês passado.

Os estados que mais fecharam postos de trabalho em fevereiro foram Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco. Apenas seis estados contrataram mais do que demitiram: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso, Goiás, Mato Grosso do Sul e Tocantins.

Por regiões, o Nordeste liderou a extinção de postos de trabalho no mês passado. Em seguida, Sudeste e Norte. Sul e Centro-Oeste criaram vagas no mês passado.

Fonte: EBC

Comentários

Anterior Proxima Página inicial