Filme pernambucano O Gigantesco Imã entra em cartaz nesta sexta (18) em Serra Talhada



Após ser premiado no circuito competitivo de cinema em 2015, o longa metragem O Gigantesco Imã, que apresenta a vida e a obra do inventor e cientista popular Evangelista Ignácio de Oliveira, chega neste mês de março às salas comerciais do Brasil. Em Serra Talhada, o filme entra em cartaz nesta sexta (18) no Centro Dramático Pajéu, na rua Henrique de Melo, 195, Centro. Nascido em Serra Talhada, no sertão pernambucano, "Evangelista leva a vida reciclando máquinas e equipamentos eletrônicos descartados, com os quais constrói desde câmeras de cinema até instrumentos ópticos e astronômicos", como explica Petrônio, um dos diretores da obra, que também é natural de Serra Talhada e assina o documentário em parceria com o carioca Tiago Scorza.

Durante 12 anos, os cineastas conviveram em diversos momentos com o protagonista para a realização do filme. Sem nunca ter frequentado uma universidade, Evangelista é capaz de discorrer sobre fenômenos físicos, químicos, astronômicos e sobre teorias que abordam a evolução do universo. O documentário mostra a saga cinematográfica de um personagem real, imerso no universo de uma ciência autodidata. Figura pitoresca, Evangelista já foi entrevistado até no talkshow do Jô Soares, no ano de 2006, quando o curta-metragem O som da luz do trovão, produzido na época, contou algumas de suas aventuras inventivas, como a construção de uma asa delta para saltar do ponto mais alto de sua cidade natal, ainda na década de 1970. Em agosto de 2015, o filme O Gigantesco Ímã foi exibido pela primeira vez em Serra Talhada, numa sessão especial que contou com a presença do protagonista do filme. Agora, o documentário volta à cidade, integrando a grade de exibição nacional em circuito comercial.


Dentre os festivais da sétima arte nos quais concorreu em 2015, o filme ganhou os prêmios de Menção Honrosa e Melhor Trilha Sonora no 19º CINE PE, em Recife; Melhor Filme no 19º Festival Florianópolis de Audiovisual Mercosul; Melhor Filme e Melhor Trilha Sonora no 8º Festival de Cinema de Triunfo; além de exibições no Festival Panorama Coisa de Cinema, em Salvador, no Festival de Cinema de Miracema, em Tocantins, e na Muestra Internacional Documental de Bogotá. Com duração de 1h13min, a obra foi filmada nas cidades pernambucanas de Serra Talhada e Petrolina, e terá lançamento simultâneo nas cidades do Recife, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada, em Pernambuco; Cachoeira, Bahia; Curitiba, São Paulo, Maceió e Rio de janeiro. O filme é uma realização conjunta das produtoras Aiuru Filmes, Mont Serrat Filmes e Nosotros y los demas, e conta com a distribuição da Inquieta Cine. Eis uma ótima oportunidade para conferir a produção serratalhadense.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial