Afogados da Ingazeira: Estudantes e professores da FAFOPAI realizam manifestação em defesa do PROUPE



Segundo o Blog Mais Pajeú, na noite desta quarta-feira, 6 de abril de 2016, universitários e professores da FAFOPAI (Faculdade de Formação de Professores de Afogados da Ingazeira), realizaram um manifesto defesa da continuidade do PROUPE e contra os cortes no programa.

Estudantes, professores e políticos saíram em passeata da faculdade até a câmara de vereadores com gritos de "não vai ter corte", "Proupi é educação", entre outros.

Participaram da manifestação a diretora presidente da autarquia Socorro Dias, a diretora da faculdade Maria de Fátima, o prefeito Patriota, o secretario de cultura e esportes Alessandro Palmeira, a diretora do Colégio Normal Edjane Gomes e os vereadores Franklin Nazário, Augusto Martins, José Raimundo, Igor Mariano, Antônieta Guimarães, José Carlos e Luiz Bizorão.

Ouvi algumas falas e destacamos quando Socorro Dias se disse emocionada com o poder de mobilização vista naquele momento, Charlington falou sobre confiança e Augusto Martins destacou que a faculdade de Afogados vem do povo desde 1985 e que se houver cortes por conta da crise que não seja na saúde e nem na educação. Por fim em seu discurso o prefeito José Patriota disse está dando sua contrapartida a faculdade, que apesar de ser aliado do governador, não é omisso.

O PROUPE foi criado pelo ex-governado Eduardo Campos e na gestão de Paulo Câmara, vem sofrendo cortes, prejudicando os estudantes e as 13 autarquias existentes no estado de Pernambuco. Para se ter uma ideia em 2015 eram 12 mil bolsas, hoje são apenas 8 mil.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial