Arcoverde: águas do Velho Chico podem chegar a cidade em 2017



O sonho do ex-presidente Lula de ver as águas do São Francisco chegando as cidades sertanejas, a exemplo de Arcoverde, pode estar mais perto com a liberação de novos recursos para a construção da Adutora do Agreste por parte do Governo Federal.

As obras da Adutora do Agreste, localizada em Pernambuco. Executada pelo governo estadual com recursos do Governo Federal, vão receber R$ 25 milhões que foram liberados pelo Ministério da Integração Nacional. O empreendimento vai ampliar o abastecimento de água do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF) no Estado.

A primeira fase da obra vai beneficiar mais de 1,3 milhão de pessoas em 23 municípios pernambucanos. O início da Adutora do Agreste está situado a 256 quilômetros da capital do Estado, na cidade de Arcoverde (PE). A previsão é de que as águas do Velho Chico cheguem a Capital do Sertão até o final do primeiro semestre de 2017, com a entrega do Eixo Leste do PISF no final deste ano.

Além de Arcoverde seriam beneficiadas as cidades de Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, São Bento do Uma e Tacaimbó por meio da interligação à Adutora Moxotó. Outras duas interligações fazem parte do projeto: à bacia do Jatobá em Tupanatinga (PE) e em Ibimirim (PE), que já garante o abastecimento do município de Arcoverde (PE), desde 2015, quando foram investidos R$ 40 milhões ainda no Governo Dilma Rousseff (PT).

A outra interligação da Adutora do Agreste em Tupanatinga (PE) permitirá o abastecimento de água em mais sete municípios: Iati, Águas Belas, Itaíba, Tupanatinga, Buíque, Pedra e Venturosa. A previsão é concluir o trecho em dezembro deste ano. (Blog Roberto e Romero)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial