Planalto contrata, sem licitação, lancha para Temer e família durante o carnaval



O Palácio do Planalto contratou, sem licitação, uma lancha para o presidente Michel Temer e sua família usarem na Bahia, durante o período do carnaval. O aluguel da embarcação custou R$ 24 mil. A justificativa do Planalto é que a lancha "Bem me quer" teria sido usada por razões de segurança. Ela serviria para uma "possível evacuação em caso de emergência" de Temer e família. A lancha Amazônia Azul, que pertence à Marinha, estava avariada, de acordo com o Planalto. As informações são do jornal O Globo.

Segundo a Marinha, o pagamento da lancha foi realizado pela ONG Abrigo do Marinho, sem licitação. O Planalto e a Marinha afirmaram ainda que, por ser uma associação sem fins lucrativos, a ONG não é poder público e, portanto, não se submete à Lei 8.666, que diz respeito às licitações.

Ainda segundo o governo, a primeira-dama Marcela Temer, o filho Michelzinho, e outros parentes usaram a embarcação de forma breve, durante cerca de 30 minutos, para lazer.

A Marinha não explicou se a ONG pagará do próprio bolso os R$ 24 mil da lancha alugada ou se, de alguma maneira, o governo federal irá ressarcir a ONG Abrigo do Marinheiro. 

"A residência da Boca do Rio, em Aratu, localiza-se em área de difícil acesso e, à noite, o possível deslocamento aéreo implica riscos adicionais à segurança do presidente", afirmou o Planalto em nota enviada ao veículo. (Diario de Pernambuco)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial