Prefeito Marconi sugeriu implantação da Delegacia de Combate ao Narcotráfico em Serra Talhada



O presidente do Cimpajeú – Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú., Marconi Santana (PSB), tem comemorado a decisão do governador Paulo Câmara (PSB), de encaminhar para ALEPE- Assembleia Legislativa de Pernambuco, o PL – Projeto de Lei para criação de novas Delegacias de Combate ao Narcotráfico, que vai contemplar o município de Serra Talhada, no sertão do Pajeú.

O motivo da comemoração do gestor do consórcio, também prefeito de Flores, é por ter, apresentando ao Secretário Executivo da SDS – Secretaria de Defesa Social, Humberto Texeira, no dia 24 de outubro, em reunião da Dinter II – Diretoria Integrada do Interior, como sugestão, a instalação de uma delegacia especializada no combate ao tráfico de drogas em Serra Talhada, para atender toda região.

"Na ocasião, Marconi discursou dizendo que: "O que mais acentuou a criminalidade na nossa região foi à questão da droga. Se tem morte, não é porque existe confusão de bar e sim por droga, é pelo ponto do tráfico de droga. A instalação da delegacia da mulher é importante? Claro que é! Mas, no meu entendimento eu vejo que a prioridade, não só para Serra Talhada e região é a instalação de uma delegacia de narcotráfico" - defendeu o presidente do Cimpajeú.

Marconi ainda criticou neste mesmo dia, a postura do bloco de oposição na ALEPE – Assembleia de Legislativa de Pernambuco, que na visão do gestor, tem se preocupado apenas em politizar a discussão.

"Nosso governador tem feito um excelente trabalho, buscando efetivar ações no combate a criminalidade, colocando mais policiais nas ruas...mas isso não é uma questão só de Pernambuco e sim do Brasil. Mas, infelizmente estão usando este levando a discussão para o campo político, o que é ruim para todos nós"; Disse Marconi.

As delegacias contra narcotráfico têm inauguração prevista em fevereiro de 2018 em nove municípios: Cabo de Santo Agostinho, Goiana, Vitória, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Serra Talhada, Ouricuri e  Petrolina.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial