Triunfo recebe duas exposições a partir desta sexta-feira (23/3)




A partir desta sexta-feira (23/3), o Sesc em Triunfo traz gratuitamente para a cidade duas importantes exposições: a mostra fotográfica “Depois que a feira termina” e a mostra de aquarelas “Entre ser um e ser muitos”. As mostras ficarão abertas ao público até o dia 30 de junho. A primeira de quarta a domingo, sempre das 10h às 12h e das 14h às 18h, na base do teleférico e a segunda na Fábrica de Criação Popular do Sesc, aberta à visitação das 8h às 21h.

A exposição “Depois que a feira termina” proporciona uma viagem poética às cidades do Alto Sertão do Pajeú, com fotografias que retratam as feiras de Serra Talhada, Santa Cruz da Baixa Verde, Triunfo, Calumbi, Flores, Quixaba, Tuparema, Carnaíba, ltapetim, Afogados da lngazeira,Tabira, Santa Terezinha e Brejinho. As obras são dos fotógrafos Claudio Gomes, Verner Brenan, Maria Ruana, Pollyana Mattana e Wally Ricardo.

Na Fábrica de Criação Popular o público poderá conferir a exposição “Entre ser um e ser muitos” da ilustradora espanhola Valeria Rey Soto e do escritor egípcio Habib Zahra. São 30 obras em aquarela, que fazem parte do processo de ilustração de livros do casal de artistas, que desde 2005 reside em Olinda, Pernambuco.

Sesc - O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 19 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial