Estação Espacial chinesa entra na atmosfera e cai no Oceano Pacífico



Boa parte da estação queimou na reentrada da atmosfera terrestre e seus destroços cairam a uma velocidade de mais de 26 mil quilômetros por hora

A Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) confirmou que os destroços da estação espacial chinesa Tiangong-1, caiu no sul do oceano Pacífico por volta das 21h15 (hora de Brasília) deste domingo (1º).

Segundo a agência, a estação pesava 10 toneladas e caiu em uma descida descontrolada a uma velocidade de mais de 26 mil quilômetros por hora, nas águas em um ponto ainda não determinado no sul do oceano pacífico.

O órgão informou ainda que boa parte da estação queimou durante a reentrada na atmosfera terrestre.

A Tiangong-1, que quer dizer Palácio Celestial em chinês, foi lançada em setembro de 2011 com o objetivo de ser uma estação espacial permanente. Mas, em 2017, a China informou que seu laboratório espacial havia parado de funcionar em março de 2016, sem explicar exatamente o motivo.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial