Salgueirenses se unem em ato apartidário pró-caminhoneiros e patriótico




Deixando de lado as diferenças políticas, muitos salgueirenses foram à Praça da Bomba na tarde desta segunda-feira, 28, declarar apoio aos caminhoneiros que estão parados desde o dia 21 de maio. A categoria cobra do Governo Federal redução do preço dos combustíveis e outros benefícios. Com faixas contendo frases como “Não vamos pagar pelos corruptos” e “Fora Temer”, além de diversas bandeiras do Brasil, os cidadãos salgueirenses demonstraram patriotismo.

Empresários, advogados, médicos, radialistas, blogueiros, mototaxistas, vereadores e moradores de diversos bairros se uniram aos caminhoneiros que estão parados há sete dias na cidade, em protesto por mais dignidade, focando também no combate à corrupção.  Os manifestantes começaram a se reunir no local por volta das 16h e saíram em caminhada, carreata e motocada às 17h, depois de entoarem o Hino Nacional de mãos dadas. Neste momento o protesto percorre algumas ruas do Centro. 



Em conversa com nossa reportagem, o caminhoneiro Emerson Vagner, de Campina Grande-PB, disse que a paralisação ainda não terminou porque o presidente fechou acordo com entidades que não representam a categoria. “O preço ainda não está justo em relação ao frete”, afirmou referindo-se aos 46 centavos de desconto anunciando pelo governo no diesel. O profissional acrescentou que só compensa para os caminhoneiros o valor de R$ 2,50 por litro. (Blog do Alvinho Patriota)



Comentários

Anterior Proxima Página inicial