Salah e um Espanha x Portugal que promete são destaques do segundo dia da Copa


Salah e um Espanha x Portugal que promete são destaques do segundo dia da Copa

Mohamed Salah e Cristiano Ronaldo, dois dos favoritos ao prêmio de melhor jogador do mundo na temporada, aparecem como os dois grandes destaques individuais do segundo dia de Copa do Mundo, que ainda terá um Espanha x Portugal que promete pegar fogo. 

O dia começa com Egito x Uruguai, às 9h, passando por Marocos x Irã, às 12h, e encerrando com o jogo mais esperado do dia, colocando frente a frente espanhóis e portugueses, às 15h. 

Egito x Uruguai

A grande notícia para o Egito na estreia contra o Uruguai é a quase certa presença de Mohamed Salah. Na entrevista prévia do encontro, Hector Cuper praticamente garantiu a presença do Rei do Egito. 

"Salah está se saindo muito bem, na verdade. Ele se recuperou muito rápido. Vamos ver como as coisas acontecem, mas eu posso praticamente assegurar 100% que ele irá jogar, exceto por algum imprevisto de última hora", disse.

O Egito deverá jogar com Mohamed El Shenawy; Ali Gabr, Ahmed Hegazy, Ahmed Fathi, Mohamed Abdel Shafi; Tarek Hamed, Mohamed El Neny, Mahmoud Trezeguet, Abdulla Said; Ramadhan Sobhi (Mohamed Salah), Marwan Mohsen.

Óscar Tabárez deve escalar o Uruguai com Fernando Muslera; Guillermo Varela, Jose Maria Gimenez, Diego Godin, Martin Caceres; Nahitan Nandez, Matias Vecino, Rodrigo Bentancur, Giorgian De Arrascaeta; Edinson Cavani, Luis Suarez.

Marrocos x Irã

Marrocos e Irã fazem o segundo jogo do dia, com certeza o menos esperado. As seleções jogam sob a desconfiança de chegarem na Copa sem muita expectativa, com a queda na primeira fase sendo um destino bem provável, já que Espanha e Portugal são as outras seleções da chave. 

O estádio de São Petersburgo recebe um duelo inédito em Copas. Os marroquinos voltam a jogar um Mundial após duas décadas. O Marrocos é conhecido pelo bom sistema defensivo, tendo como destaque o zagueiro Benatia, da Juventus, e o lateral Achraf Hakimi, do Real Madrid. O time não perde há 18 jogos e sofreu apenas 13 gols nas últimas 24 partidas. 

A seleção marroquina deve jogar com Monir El Kajoui; Hamza Mendyl, Romain Saiss, Mehdi Benatia, Achraf Hakimi; Hakim Ziyech, Mbark Boussoufa, Younes Belhanda, Karim El Ahmadi, Noureddine Amrabat; Khalid Boutaib.

Já a seleção iraniana foi a terceira seleção a garantir vaga na Rússia, com a melhor campanha entre as seleções asiáticas, vencendo 12 jogos, empatando seis e não perdendo nenhum. Será a segunda Copa seguida do país, que tenta superar o retrospecto ruim na competição. 

A escalação para a estreia deve ter Ali Beiranvand; Milad Mohammadi, Morteza Pouraliganji, Roozbeh Cheshmi, Pejman Montazeri; Masoud Shojaei, Ehsan Haji Safi, Omid Ebrahimi; Vahid Amiri, Sardar Azmoun, Alireza Jahanbakhsh.
Espanha x Portugal

Espanha x Portugal promete ser o primeiro grande jogo da Copa, colocando frente a frente rivais históricos. Além de toda a rivalidade entre os países, uma crise na seleção espanhola promete esquentar ainda mais o encontro. 

A Fúria trocou de técnico dias antes da estreia na Rússia. Julen Lopetegui, demitido após ter acertado com o Real Madrid antes do início do torneio, deu lugar Hierro. O novo comandante fugiu de polêmicas e garantiu foco na "primeira decisão" espanhola. 

"Nós temos três grandes finais. Esta é a Copa do Mundo, somos privilegiados por isso aqui e todo mundo tem que colocar paixão. Essa será a primeira final. Quando sairmos daqui, precisamos saber que demos 100% de nós", comentou. 

A Espanha deve ter força máxima para a partida, entrando com  David De Gea; Jordi Alba, Sergio Ramos, Gerard Pique, Nacho; Sergio Busquets, Thiago Alcantara; Andres Iniesta, Isco, David Silva; Diego Costa.

Do outro lado, Fernando Santos endossou o discurso espanhol e garantiu que, apesar da crise do rival pouco antes da Copa, o jogo não deixará de ser complicado para a seleção portuguesa. 

Portugal deve jogar com Rui Patricio; Raphael Guerreiro, José Fonte, Pepe, Cedric; João Mario, João Moutinho, William, Bernardo Silva; Cristiano Ronaldo, Gonçalo Guedes.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial