Avaliação do governo Temer piora ainda mais na pesquisa CNT/MDA



O presidente Michel Temer (MDB) viu piorar ainda mais seu índice de aprovação, segundo a pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira, 20: apenas 2,7% dos entrevistados consideram o governo ótimo ou bom — no levantamento anterior, de maio, a taxa era de 4,3%.

Também aumentou o número de pessoas que consideram o governo Temer ruim ou péssimo: 78,3% ante 71,2% na pesquisa de maio. A porcentagem de quem considera a administração do emedebista regular passou de 21,8% para 17,7%. Não sabem ou não responderam 1,3% (foram 2,7% em maio).

A avaliação do desempenho pessoal de Temer também teve queda: o presidente é aprovado por 6,9% dos entrevistados e desaprovado por 89,6%. Em maio, os índices eram de 9,7% e 82,6%, respectivamente. O número de pessoas que não souberam ou não responderam diminuiu de 7,8% para 3,5%.

A pesquisa do instituto MDA contratada pela Confederação Nacional do Transporte ouviu 2.002 pessoas entre os dias 15 e 18 de agosto. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com 95% de nível de confiança. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-09086/2018.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial