A prefeitos e candidatos proporcionais, Humberto diz que parceria entre Pernambuco e Brasil vai voltar, como nos tempos de Lula e Eduardo



Em um grande ato político, na noite dessa segunda-feira (24), que contou com a presença de dezenas de prefeitos de todo o Estado, além de candidatos proporcionais de todos os partidos da Frente Popular, o líder da oposição a Temer no Senado e candidato à reeleição, Humberto Costa (PT), pediu empenho de todos na reta final da campanha. E demonstrou certeza de que o povo de Pernambuco já fez a sua escolha pela volta da parceria entre Pernambuco, por meio da reeleição de Paulo Câmara (PSB) para o governo e da eleição de Fernando Haddad (PT). 

“Construiremos, num futuro próximo, o modelo que deu certo nos tempos de Lula e Eduardo Campos. Estamos a 13 dias da eleição. É um momento muito importante para definirmos o futuro de Pernambuco e do Brasil. Pernambuco superou tempos de crise, de um verdadeiro cerco feito ao nosso estado. E temos uma grande decisão sobre o Brasil”, explicou Humberto a uma plateia atenta que lotou a casa de eventos Rose Beltrão, em Apipucos, Zona Norte do Recife.

O encontro, organizado pelo governador e pela Frente Popular, foi o primeiro após a passagem vitoriosa de Haddad por Pernambuco. No último final de semana, o candidato de Lula a presidente participou de grandes atos públicos no Recife, em Caruaru e Petrolina. As imagens dos grandes atos realizados do litoral ao Sertão foram mostradas em um telão, sob aplausos de todos.

“Haddad foi prefeito da maior cidade do Brasil. Sabe administrar e priorizar ações voltadas para o povo, como políticas sociais, saúde e, sobretudo, educação. Foi o melhor ministro da Educação e como ministro teve a exata noção da importância dos municípios. Pensou nos municípios na hora de ampliar a rede de universidades”, afirmou Humberto, citando os campi instalados por Haddad em Caruaru e Serra Talhada. E garantiu: “Haddad tem um compromisso, eleito presidente, que é acabar com a PEC da Morte, o corte de recursos para a saúde e a educação, promovido pelo governo Temer e por sua turma, que tem seus representantes aqui em Pernambuco.”

Sobre a eleição estadual, Humberto voltou a defender a eleição da chapa completa da Frente Popular como fundamental para a concretização do plano de governo que resultou nessa aliança política e da parceria entre os governo federal e estadual. “Não adianta votar em Haddad sem votar em Paulo Câmara. Não adianta votar em Paulo Câmara sem votar nos seus dois senadores, Humberto e Jarbas. Lutamos pela vitória da chapa completa. Queremos barba, cabelo e bigode”, assinalou.

Falando diretamente aos prefeitos presentes no ato, Humberto Costa lembrou que vivemos uma eleição diferente, com poucos recursos e na qual será mais importante o corpo-a-corpo junto ao eleitor. “Teremos uma vitória política, onde será fundamental o empenho de todos vocês, sobretudo a força política dos líderes municipais”, disse Humberto, muito aplaudido em vários trechos de seu pronunciamento.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial