Novo boletim diz que Bolsonaro caminhou e não há sinais de infecção


O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) caminhou durante cinco minutos acompanhado de um fisioterapeuta, neste sábado, 8, segundo boletim médico distribuído no fim da tarde pelo hospital Albert Einstein.

De acordo com os médicos, o tempo das caminhadas será aumentado gradualmente, conforme a recuperação de Bolsonaro. O objetivo do exercício é reduzir riscos de trombose, problemas pulmonares e recuperar o funcionamento do intestino. Além da caminhada, Bolsonaro foi levado do leito para uma poltrona na qual passou meia hora. Segundo os médicos, não há sinais de infecção.

Em boletim anterior divulgado no início da tarde, o hospital informou que o estado de saúde do candidato é estável e ele se recupera da cirurgia realizada em função do atentado a faca que sofreu em Juiz de Fora (MG).

Transferência

Bolsonaro chegou ao hospital Albert Einstein, em São Paulo, às 10h40 de sexta-feira (7). Ele foi recebido pela equipe médica sob gritos de apoiadores, após viagem de avião e ambulância desde Juiz de Fora (MG), onde foi esfaqueado nessa quinta (6).

De acordo com a assessoria do hospital paulistano, Bolsonaro chegou na mesma situação que estava: em estado grave, mas estável.

Fonte: Gazeta do Povo

Comentários

Anterior Proxima Página inicial