Atlético Paranaense é multado pelo STJD por ato político pró-Bolsonaro



Em julgamento realizado nesta sexta-feira (19), o Atlético-PR foi condenado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) a pagar uma multa de R$ 70 mil por ter entrado em campo com um ato político sem a autorização da CBF.

No dia 6 de outubro, véspera da eleição do primeiro turno, o Furacão entrou em campo com uma camisa amarela – exceto o zagueiro Paulo André -, com os dizeres “vamos todos juntos por amor ao Brasil”.

Porém, como o Rubro-Negro descumpriu o regulamento de solicitar a ação apenas um dia antes do jogo, quando o mínimo necessário eram de dois dias úteis. Além disso, a Confederação negou o pedido atleticano.

“Estudei o caso e casos anteriores e discordo da defesa. Foi um erro. O Atlético deveria ter precaução. O pedido foi indeferido. Entendo por condenar por descumprir um oficio da CBF. Levando em consideração a ação com o Uber entendo que não podemos aplicar uma pena menor que a anterior. Apeno o Atlético em R$ 70 mil”, disse o auditor Eduardo de Mello.

Com isso, por unanimidade, o STJD puniu o Atlético financeiramente. Porém, ainda cabe ao clube recorrer da decisão.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial