Cuidado com pesquisas



Pesquisa é ótimo: serve para orientar a campanha do candidato.

E só. Quem acha que seu favorito vai vencer ou perder por causa da pesquisa se engana.

Há uma foto clássica: o presidente americano Harry Truman, reeleito, mostrando o Chicago Daily Tribune com a manchete “Dewey derrota Truman”.

Brigar com pesquisas, acusar institutos de falsear números, é perder tempo: melhor é usá-lo em busca de novos eleitores.

E é preciso, no caso de pesquisas, verificar se foram mesmo feitas.

Uma instituição americana, a University of Southern California, de Los Angeles, apareceu como autora de uma pesquisa que dava Bolsonaro como vitorioso no primeiro turno, com mais de 60% dos votos.

Só que a pesquisa era falsa: a USC não fez pesquisa alguma sobre as eleições no Brasil. (Carlos Brickmann/Blog do Magno)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial