Haddad pede ao TSE para ser entrevistado pela Globo no horário do debate



Na reta final para o segundo turno das eleições, a campanha de Fernando Haddad (PT) à Presidência tenta provocar ao menos um debate com Jair Bolsonaro (PSL). Os advogados do petista pediram ao Tribunal Superior Eleitoral que autorize a TV Globo a transformar o embate em entrevista caso o candidato do PSL não compareça.

Segundo integrantes da campanha petista, a ideia é forçar que o adversário reveja estratégia de faltar ao confronto. A movimentação, no entanto, também é um instrumento de pressão sobre a própria emissora que já anunciou que não vai entrevistar o candidato do PT.

O partido afirma que a Resolução nº 23.551/17, do próprio tribunal, prevê que “o horário designado para a realização de debate poderá ser destinado à entrevista de candidato, caso apenas este tenha comparecido ao evento”. 

Após a desistência de Bolsonaro, a TV Globo informou que cancelou o confronto e informou que não abrirá espaço para uma entrevista ou sabatina com Fernando Haddad (PT).

A emissora alegou que havia sido acertado com as equipes dos dois candidatos que esse tipo de espaço para o candidato petista não aconteceria caso Bolsonaro se recusasse a participar dos debates por problemas na saúde.

Fonte: JOTA

Comentários

Anterior Proxima Página inicial