Papa expulsa da Igreja outros dois bispos chilenos por abusos sexuais


Foto: Alessandro BIANCHI / POOL / AFP (Alessandro BIANCHI / POOL / AFP)

O papa expulsou da Igreja outros dois bispos chilenos por "abusos de menores", anunciou o Vaticano nesto sábado depois de Francisco ter recebido o presidente chileno, Sebastián Piñera, em audiência privada. 

Os bispos Francisco José Cox Huneeis, arcebispo emérito de La Serena, e Marco Antonio Ordenes Fernández, arcebispo emérito de Iquique, receberam a maior punição da Igreja Católica "como resultado de atos manifestos de abuso de menores", afirmou a Santa Sé em um comunicado. 

A decisão foi adotada pelo papa na quinta-feira, 11 de outubro, e "não admite recurso", diz a nota indicando que os dois bispos foram informados em suas respectivas residências por seus superiores.

O anúncio feito por ocasião da visita do presidente chileno ao Vaticano foi interpretado como uma mensagem concreta de que o pontífice está determinado a aplicar com firmeza a "tolerância zero" contra a pedofilia.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial