Arcoverde sedia I Jornada de Gerontologia da Fundação Terra


Nas mesas redondas, o envelhecimento será abordado a partir de diversos pontos de vista / Foto: Reprodução/ Fundação Terra

O envelhecimento biológico e as questões sociais que o permeiam estão entre os assuntos que serão discutidos na I Jornada de Gerontologia da Fundação Terra. O evento acontece entre os dias 22 e 24 deste mês, em Arcoverde, no Sertão do Estado. O tema escolhido para a edição foi “Envelhecimento, Seguridade Social e Trabalho no Século XXI”. Durante o encontro, serão realizadas mesas redondas, minicursos, apresentação de trabalhos acadêmicos e espetáculos culturais. As inscrições podem ser feitas no site da Fundação.

A Jornada foi pensada com o intuito de descentralizar as discussões acerca do envelhecimento, que pouco contemplavam o interior do Estado. “A 1º Jornada de Gerontologia vai beneficiar a região do Sertão. Queremos trazer para cá as abordagens tecnocientíficas sobre o processo de envelhecimento humano, agregando a abordagem biopsicossocial. Vamos ter profissionais da área de saúde, da educação, estudantes acadêmicos e todos aqueles que querem discutir e compartilhar conhecimentos no que diz respeito aos idosos”, explica a coordenadora de saúde da Fundação, Liege Nogueira, que está organizando o encontro.

Nas mesas redondas, o envelhecimento será abordado a partir de diversos pontos de vista. Direitos da pessoa idosa, incluindo públicos específicos como indígenas e idosos da área rural, também estão na pauta. “Vamos reunir profissionais que tenham interesse nessa área para desenvolver atividades que favoreçam o envelhecimento saudável, com dignidade e autonomia. Trazer essas discussões para cá é muito rico, porque podemos compartilhar nossas vivências e torná-las objeto de estudo, respeitando as particularidades de cada grupo de idosos, que muitas vezes passam despercebidas”, acrescenta Liege. (NE10)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial