Iterpe realiza reunião em Afogados da Ingazeira para anunciar o Programa de Cadastro e Regularização Fundiária



Nesta quarta-feira (28/11), a equipe do Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco – Iterpe realizou reunião para disseminar as etapas do desenvolvimento do trabalho de medição das terras, por meio da execução do Programa de Cadastro e Regularização Fundiária. O encontro, que aconteceu no Auditório do Centro Tecnológico, tratou da ampliação do diálogo entre o presidente do Instituto, André Negromonte; a equipe da Prefeitura Municipal de Afogados da Ingazeira; os representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e as famílias beneficiárias do Programa de Cadastro e Regularização Fundiária (PCRF), com o objetivo de esclarecer o desenvolvimento do trabalho que beneficiárá 1,5 mil famílias na região do Pajeú.

Durante a reunião, a equipe do Iterpe apresentou os representantes da empresa Geosolos Agrimensura, que foi contratada para realizar o trabalho de medição de mais de 20 mil hectares de terras. O convênio do (PCRF) firmado entre o Estado, por meio do Iterpe, e a União prevê o alcance do trabalho em uma área de aproximadamente 53.572 hectares de terras devolutas.

 “Os trabalhos de medição e regularização dos imóveis rurais resultam em segurança jurídica às famílias rurais sobre a posse da terra e maior desenvolvimento da produção, uma vez que, a partir dos títulos de propriedade em mãos, a população rural consegue acessar créditos de desenvolvimento da sua produção e a outras políticas públicas de melhoria da qualidade de vida no campo”, pontuou Negromonte.

A reunião contou com a presença do prefeito José Patriota; os vereadores Luiz Gonzaga, Augusto Martins, Igor Mariano e Rubinho do São João; Lucineide, representando as associações; João Alves, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais; a equipe da Geosolos e a equipe do Iterpe: Márcio Eduardo, Jailson Pacheco, Cleodon Ricardo, Fillipe Castelo Branco e Janduir Simões.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial