Mãe, avó e filha estão entre as vítimas fatais da queda de helicóptero em São Paulo



Mãe, avó e neta estão entre as cinco vítimas fatais da queda do helicóptero que aconteceu na noite do sábado (3), em uma área de mata do município de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo. Os bombeiros foram alertados sobre a queda da aeronave, de prefixo PP-MTX, às 19h de ontem (3). O avião teria saído do litoral norte de São Paulo.

Identidade das vítimas

Das cinco vítimas, apenas uma não foi identificada até agora, segundo informações do Corpo de Bombeiros. Estavam no helicóptero - que partiu da praia de Juquehy, litoral norte de São Paulo, e tinha como destino um heliponto em Osasco -, Natalia de Ávila Treu, de 42 anos; a sua mãe, Iracema de Ávila, 73; a filha Lavínia de Ávila Araújo, 12; além do piloto Marcos Chindi Minomo, 54 anos.

Além dos bombeiros, foram mobilizadas equipes da Polícia Civil e investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa IV), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Motivo da queda

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que os peritos ainda estão no processo inicial de coleta para apurar as causas do acidente. Mas há a suspeita de que o tempo ruim tenha provocado a queda, pois no momento em que o helicóptero sobrevoava a área ocorria uma vendaval.( JC Online e Agência Brasil )

Comentários

Anterior Proxima Página inicial