Proclamação da República: PRF contabiliza 5 mortes e 59 feridos em PE



JC Online

Entre a quarta-feira (14) e o domingo (18), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a Operação Proclamação da República e, segundo balanço divulgado, foram registrados 61 acidentes nas rodovias federais do estado, com 59 feridos, cinco mortes e uma prisão de motorista sob efeito de álcool. Não comparativo com o ano passado, pois o feriado caiu em uma quarta-feira e não houve operação específica.

O acidente mais grave ocorreu na quinta-feira (15), no início da noite, na BR-101, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife, com uma morte e três pessoas feridas. O acidente ocorreu após o motorista do carro atropelar um animal, perder o controle do carro, cruzar o canteiro central e colidir de frente com a carreta que carregava abacaxis.

Fiscalização

Durante os cinco dias de operação foram fiscalizadas 2.848 pessoas e 2.419 veículos, sendo emitidas 1.053 autuações por diversas irregularidades. Destacam-se 77 autuações pelo não uso do cinto de segurança, 118 por ultrapassagens em local proibido, 16 pela falta do capacete e oito pela ausência da cadeirinha para crianças. Além disso, foram registradas 569 imagens de veículos com excesso de velocidade.

Quanto ao combate à alcoolemia foram realizados 1.091 testes com o bafômetro, que resultaram em 36 autuações e uma prisão de motorista sob efeito de álcool. Quando o índice verificado no bafômetro é igual ou superior a 0,34 mg/l, além da multa e suspensão do direito de dirigir, o motorista é conduzido à delegacia de Polícia Civil.

Combate ao crime

No enfrentamento a criminalidade, a operação contou com o apoio dos grupos especializados, reforçando a fiscalização com o apoio do Motopoliciamento e com o Núcleo de Operações Especiais, sendo presas sete pessoas por porte ilegal de arma, adulteração de veículo automotor, por dirigir sem possuir a CNH, alcoolemia e por porte de substância entorpecente.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial