Indonésia: tsunami mata integrantes de banda



Ao menos três integrantes da banda indonésia Seventeen morreram no tsunami que atingiu o show do grupo na praia de Tanjung Lesung, no estreito de Sunda, na Indonésia. A banda --que confirmou, em mensagem nas redes sociais, as mortes de um baixista, um guitarrista e um produtor-- se apresentava quando uma repentina onda atingiu com força o palco e arrastou a estrutura contra o público. Além de membros da banda, espectadores também morreram em razão do tsunami.

Ao menos 222 pessoas morreram em razão do tsunami que aconteceu no estreito de Sunda, entre as ilhas de Sumatra e Java. Autoridades atribuem a causa do tsunami a um possível desprendimento de terra produzido pela erupção do vulcão Anak Krakatau, o que não ativou os alarmes por não ter sido registrado um terremoto. A situação foi agravada pela maré alta devido à lua cheia.

O grupo se apresentava no Tanjung Lesung Beach Resort, no extremo oeste da ilha de Java, quando o local foi atingido por uma imensa massa de água. No vídeo, é possível observar os espectadores aplaudindo os músicos antes de chegada repentina da onda, por trás do palco, que arrasta os equipamentos e avança sobre o público que acompanhava o show.


A banda tinha shows programados na praia da ilha de Java de 21 a 23 de dezembro.

O vocalista do grupo, Riefian "Ifan" Fajarsyah, publicou na manhã deste domingo (23) um vídeo onde confirmava a morte do baixista e do produtor da banda, além do desaparecimento de outros integrantes da banda, enquanto começava a chorar.

"Quando o incidente aconteceu muitos turistas estavam nas praias ao longo de [a cidade] Pandeglang, em Java", disse o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB), Sutopo Purwo Nugroho.

Em um vídeo, publicado por Sutopo no seu perfil do Twitter, pode-se ver a destruição de várias estruturas próximas ao litoral afetado, onde a potência das ondas arrastou vários veículos para o litoral. (UOL)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial