Marco Aurélio manda soltar condenados em segunda instância, inclusive Lula


Segundo informações do Jornal O Globo, o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu às 14h desta quarta-feira liminar para libertar os condenados em segunda instância que ainda têm recurso pendente de julgamento.

A decisão pode afetar inclusive o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso depois de condenado na Lava-Jato pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região.

Como a decisão foi tomada no último dia de funcionamento do STF antes do recesso, não haverá tempo de levar o caso ao plenário.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial