Alerta: bancos de leite materno em Pernambuco estão quase sem estoque e pedem doações


O leite materno é considerado um dos alimentos mais importantes para o ser humano. O alimento, que tem todos os ingredientes necessários para o crescimento saudável da criança, além de funcionar como um fator de proteção para doenças, é um importante aliado na redução do óbito infantil, da fome, da desnutrição e dos quadros alérgicos. Para bebês prematuros ou de baixo peso, o leite materno se torna ainda mais indispensável. Por isso, em Pernambuco, os quatro hospitais estaduais que contam com bancos de leite convocam as mães para realização desse gesto de solidariedade. É importante reforçar que não há quantidade mínima estabelecida para doação. A informação é do NE10.

Atualmente, a situação mais crítica é do Hospital Dom Malan (HDM), em Petrolina, no Sertão do Estado. No estoque, há apenas 2 litros de leite, praticamente o consumo de um único dia. No Jesus Nazareno (HJN), em Caruaru (Agreste do Estado), há 16 litros e o consumo diário é de 1 litro. Além das doações, as unidades estimulam as mães das crianças a fazerem a ordenha do insumo para os seus bebês. As unidades também apoiam as mulheres em suas dificuldades no processo de amamentação.

Grande Recife

Na capital pernambucana, os hospitais Agamenon Magalhães (HAM) e Barão de Lucena (HBL) também necessitam de doações. O HBL está atualmente com 16 litros; o HAM, com 25. Ambos têm um consumo diário de 1,2 litro.

Como doar

As mães interessadas em doarem seu leite excedente devem entrar em contato, via telefone, com as unidades de saúde: Hospital Agamenon Magalhães (81 3184-1690), Hospital Barão de Lucena (81 3184-6552), Hospital Jesus Nazareno (81 3719-9338) e Hospital Dom Malan (87 3202-7000). É possível tirar o leite na própria unidade de saúde ou combinar a busca na casa da doadora. Outras instituições públicas e privadas também recebem doação. Para ver a lista completa, basta acessar o link: bit.ly/2sfx9MM.

Para retirar o leite da mama, a indicação é que a mãe use um lenço para proteger a boca e a cabeça, além de higienizar as mãos antes de iniciar o processo. O produto deve ser armazenado em potes de vidro com tampa de plástico, como os de maionese ou café. O papel que vem na parte interna da tampa precisa ser retirado antes de todo o processo. Para higienizá-los, deve-se lavá-los em água corrente e com sabão neutro. Em seguida, colocá-los em uma panela com água e levá-los ao fogo. Após a água começar a ferver, deixa por mais 15 minutos.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial