Governo prevê lama de Brumadinho no São Francisco já em fevereiro


A lama com os rejeitos de minério de ferro da barragem da Vale que rompeu na última sexta-feira (25) em Brumadinho deve chegar à usina hidrelétrica de Três Marias, no rio São Francisco, entre os dias 15 e 20 de fevereiro.

A previsão consta num boletim de monitoramento do rio Paraopeba divulgado nesta segunda (28) pelo CPRM (Serviço Geológico do Brasil), estatal vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

O rio Paraopeba, que passa por Brumadinho e carrega a lama com os rejeitos, é um dos principais afluentes do São Francisco.Antes de chegar à Três Marias, usina administrada pela Cemig, a lama, que se desloca a 1 km/h, deve passar pela região de São José da Varginha nesta terça (29) e pela hidrelétrica de Retiro Baixo, operada por Furnas, entre 5 e 10 de fevereiro. É a primeira vez que a informação de que a lama chegará ao São Francisco, que se baseia nas condições verificadas pelos pesquisadores no final da manhã desta segunda, é divulgada por um órgão governamental. As previsões serão atualizadas diariamente.

No domingo (27) o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, chegou a afirmar que a probabilidade da lama alcançar o São Francisco era reduzida.Segundo ele, a expectativa era que a chegada dos rejeitos à usina de Retiro Baixo amortecesse o escoamento da lama.Até a manhã desta segunda-feira, 60 corpos haviam sido encontrados. Desses, 19 já foram identificados, segundo a Polícia Civil de Minas Gerais. Ainda há 292 desaparecidos.

Folhapress

Comentários

Anterior Proxima Página inicial