Diretoria da Mulher de Carnaíba homenageou as mulheres no Pátio de Festas da Cidade


Com uma programação bem extensa, presenças de autoridades, e o comparecimento do público, a Diretoria da Mulher na cidade de Carnaíba, no Sertão do Alto Pajeú, homenageou as mulheres carnaibanas com várias atividades no monumento do Pátio de Eventos Milton Bezerra das Chagas (Milton Pierre), este ano com o tema: “Mulheres em busca de conhecimento para seu Empoderamento”.

A programação teve início com Edjanilda Lúcia dando as boas-vindas a todos os presentes no local, e falando das ações realizadas através da Diretoria da Mulher em Carnaíba, logo depois veio a formação da mesa, que contou com as presenças de Anchieta Patriota (Prefeito), Cecília Patriota (Secretária de Educação), Edjanilda Lúcia (Diretora da Mulher), Júnior de Mocinha (Vice-prefeito), Everaldo Patriota (Vereador), Éder Praxedes (Polícia Militar), Dra. Andreza (Delegacia da Mulher de Afogados da Ingazeira), Cabo Anita (Patrulha Maria da Penha), e Marília Correia (Coordenadora Regional da Secretaria da Mulher de Pernambuco).


Ao deixar sua mensagem para as mulheres carnaibanas, o prefeito Anchieta Patriota falou dos avanços, e aproveitou para anunciar a reabertura de uma nova Agência do Banco do Brasil na cidade. “A luta das mulheres não se restringi a apenas um dia, e sim as conquistas na área da saúde, educação, moradia, lazer, direito a creche para seus filhos, e aqui em Carnaíba nós temos todas políticas públicas desenvolvidas para quem mais foi discriminado”. O gestor também anunciou a reconstrução da Agência do Banco do Brasil na cidade. “Acabei de receber em minha residência, que realizamos uma volta pela cidade, e a Superintendência do Banco do Brasil em Pernambuco, nos garantiu que em um modelo um pouco diferente, vai ser reconstruída a nossa agência para facilitar a vida das pessoas”, concluiu.



Já Marília Correia iniciou sua fala criticando o governo Bolsonaro. “Quero falar com vocês sobre a Reforma da Previdência, que vai atingir primeiro nós mulheres, por que quem vai sofrer mais somos nós, pois a mulher vai ser a mais atingida. Então temos que dar as mãos, temos que está se abraçando, não é nem mais dando a mão com tanta coisa ruim que estamos vendo para a gente. Onde vem uma ministra, falar que vivemos em uma nova era agora, “Menino veste azul, menina veste rosa”, que vai ensinar os meninos a abrir a porta do carro para as mulheres, isso para mim não respeito não, lógico que gosto de ser bem tratada, mais queremos respeito e ter direito à vida”, disse a coordenadora.

Em seguida discursaram também a Delegada Dra. Andreza da Delegacia da Mulher de Afogados da Ingazeira e a Cabo Anita da Patrulha Maria da Penha. Os outros que estavam não mesa não discursaram.

O evento contou com a presença do Grupo Batucada Feminina do Sertão do Alto Pajeú, Espaço Beleza com Cida Cazé do Salão Maria Bela, coquetel com Douglas Drinks e autoatendimento e orientações profissionais de assistência e de saúde com a Secretaria Municipal de Saúde, Unidade Básica de Saúde, Saúde Bucal, Avaliações de sintomas, CRÁS, CRÉAS, CAPS e Diretoria do Mãe do Coruja.



Comentários

Anterior Proxima Página inicial