Em Serra Talhada Luciano Duque tem contas aprovadas


Conforme o Farol de Notícias antecipou, o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, teve as contas do exercício de 2014 aprovadas por unanimidade, pelo placar de 17X0. Ou seja, com todos os votos da bancada de oposição. Apesar do Tribunal de Contas do Estado (TCE) ter recomendado a reprovação, os vereadores entenderam que não houve desvio de recursos ou prejuízos aos cofres públicos.

O plenário da Câmara estava repleto de secretários, diretores e assessores, que não cansaram de aplaudir os discursos dos parlamentares. Ao fazer uso da palavra, o prefeito justificou a reprovação por parte do TCE em função da crise na economia nos anos 2013 e 2014, e revelou, mais uma vez, que ‘pegou um abacaxi’ da gestão passada.

“Assumi uma previdência falida. Se ela fosse saudável, tínhamos R$ 900 mil para investir e fiz uma opção de pagar os salários dos funcionários e o TCE tem um entendimento técnico”, sapecou o prefeito, acrescentando:

“Nesse tempo em que estou à frente da Prefeitura, enfrentei grandes desafios e tive que superar muitas dificuldades, entre elas, a de optar por não penalizar o povo em detrimento de alguns entendimentos formais que, muitas vezes, travam a gestão e faz a população ser penalizada com menos saúde, educação, cidadania e, no caso dos servidores, atraso nos salários”.

OPOSIÇÃO

Já os vereadores de oposição não se intimidaram em aprovar as contas do ex-petista, e o líder do bloco, Antonio de Antenor, fez um dos discursos mais enfáticos em defesa da gestão, questionando o papel do TCE. O vereador Dedinha Inácio, disse que ‘votou a favor e em tantas outras que vierem’. E assim terminou a noite, com o prefeito saindo da Câmara nos braços do povo, até a aprovação das próximas contas.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial