Em todo o país, mulheres nas ruas no 8 de Março por direitos e contra Bolsonaro


O Dia Internacional da Mulher será marcado por manifestações em todo o país nesta sexta-feira (8) em defesa das bandeiras da igualdade direitos e contra as ameaças que o governo Bolsonaro representa para as mulheres, o combate à violência, ao feminicídio e de mobilização para impedir a ‘reforma’ da previdência, que penaliza a mulher trabalhadora.

Confira a lista de atos no país nesta sexta:

Acre
15 de março – Auditório da Adufac, campus universitário do UFAC, Rio Branco

Alagoas
8 de março, na orla lagunar
8 de março – 9h na Praça Deodoro, Maceió

Amapá
15 de março – Raimundo Álvares da Costa, 936, Centro, 18h, Macapá

Amazonas
8 de março – Praça da Saudade, 14h

Bahia
Salvador – 13h, na Praça da Sé

Ceará
8 de março, a partir das 16h – Concentração na Praça da Justiça

Distrito Federal
8 de março, a partir das 16hrs – Rodoviária do Plano Piloto

Espírito Santo
8 de março, 15h – Defensoria Pública do estado do Espírito Santo, Vitória

Goiás
8 de março, 16h – Marcha da praça do bandeirante até a Praça universitária, Goiânia

Mato Grosso
8 de março – Praça Alencastro, Cuiabá, 15h

Mato Grosso do Sul
8 de março, 15h30 – Praça Ary Coelho, Campo Grande

Maranhão
8 de março – Praça da Matriz, 8h, Santa Inês
8 de março – São Luís, concentração na Praça Joãozinho Trinta, 15h, percurso beira-mar até a praça dos catraieiros

Minas Gerais
8 de março, às 17h – Praça Raul Soares, Belo Horizonte
8 de março – 18h, Parque Halfeld, Juiz de Fora
8 de março – 16h, Praça Getúlio Vargas, Simonesia

Pará
8 de março, às 9h – Mercado São Brás, Belém

Paraná
8 de março – Praça Santos Andrade, Curitiba – Ato às 12h com banquinhas e barracas, 16h ação da Rede Feminista de Saúde, 17h concentração, 18h Ato inicial, 18h30 saída em marcha
8 de março – Cascavel, Igreja da Matriz, 11h
8 de março – Castro, 16h, Praça Pedro Kaled
8 de março – Cornélio Procópio, Coreto, 18h
8 de março – Francisco Beltrão, Praça Central, 9h
8 de março – Guarapuava, Praça 9 de dezembro, 9h
8 de março – Guaratuba, Câmara Municipal, 11h
8 de março – Londrina, 17h, Concentração no Bosque
8 de março – Maringá, 17h
8 de março – Ponta Grossa, Parque Ambiental, 17h
8 de março – 18h, Bosque Guarani, Foz do Iguaçu

Paraíba
8 de março – Praça Pedro Américo, em frente ao teatro Santa Rosa, 14h, João Pessoa
8 de março – 7h30, Concha Acústica, Patos
8 de março – 8h, em frente a Delegacia da Mulher, Cajazeiras

Pernambuco
8 de março – Recife, 14h – Praça do Derby
9 de março – 9h, Largo do Colunata, Garanhuns
14 de março – 8h em frente ao INSS, Caruaru

Piauí
8 de março – Praça da Liberdade, Teresina – 16h Marcha até o espaço Salve Rainha
Organização: Mulheres da Frente Piauí Popular

Rio de Janeiro
8 de março – Candelária, 18h

Rio Grande do Norte
8 de março – Bairro Aeroporto, INSS, 8h, com percurso até o centro da cidade, Mossoró
8 de março, 15h – Caminhada pela Rio Branco – Praça dos 3 poderes em frente ao INSS, Natal
8 de março – 7h, cooperativa, Parelhas

Rio Grande do Sul
8 de março, 18h – Largo Glênio Peres, Porto Alegre
8 de março – 8h30, Marcha Binacional na Praça General Osório, Livramento
8 de março – 16h, Praça Tamandaré, Rio Grande
8 de março – 16h, intervenções culturais – 18h, Praça Saldanha Marinho, Santa Maria
8 de março – 16h, Câmara de Vereadores, São Leopoldo
8 de março – 9h30, abraço ao INSS, 10h30 caminhada até a Praça Dante, Caxias do Sul
8 de março – 18h, Praça do Coreto, Bagé

Rondônia
8 de março – Vigília “VIVAS E LIVRES”: Por Avanços, Direitos e Igualdade para as Mulheres de Rondônia – Em frente a delegacia da mulher, rua Euclides da Cunha, 5h
8 de março – Roda de Conversa no PT dia 8 com mulheres da frente e dirigentes do partido – Diretório Estadual do PT, Av. Calama, 16h

Roraima
8 de março – Boa Vista, 9h – Praça do Centro Cívico

Santa Catarina
8 de março, de 8h às 18h – Em frente ao Ticen, Florianópolis, 18h30 – Concentração e início da marcha

São Paulo
8 de março, 16h – MASP
8 de março, Largo do Rosário, 16h30

Sergipe
8 de março, 9h – Em frente a empresa Alma Viva, Aracaju
*Com informações da Secretaria Nacional de Mulheres do PT

Comentários

Anterior Proxima Página inicial