Governo pagará R$ 400 mil por internação de Bolsonaro no Albert Einstein


O governo federal pagará cerca de R$ 400 mil pela internação de 17 dias do presidente Jair Bolsonaro no hospital Albert Einstein.

Bolsonaro foi submetido a uma cirurgia de reconstrução do trânsito intestinal e retirada da bolsa de colostomia em 28 de janeiro. O custo da operação foi divulgado pelo jornal Folha de S.Paulo neste domingo (10.mar.2019).

“O pagamento será realizado nos próximos dias pelo Hospital das Forças Amadas (HFA), que receberá o ressarcimento orçamentário da Presidência da República”, informou o Planalto em nota enviada à Folha.

Os custos com a internação serão abatidos do orçamento de R$ 333,3 milhões de despesas discricionárias da Presidência.

De acordo com a Folha, os R$ 400 mil não incluem o trabalho dos médicos que realizaram a cirurgia. O Einstein não informa os valores.

Ao jornal, o Planalto informou que os médicos não cobraram pela operação nem pela consulta de revisão à qual Bolsonaro foi submetido em 27 de fevereiro, 15 dias após ter alta.

Bolsonaro passou por 3 procedimentos cirúrgicos desde que sofreu 1 atentado com faca durante uma carreata na campanha eleitoral na cidade mineira de Juiz de Fora, em 6 de setembro. O autor do crime, Adélio Bispo de Oliveira, está preso.

Fonte: Poder 360

Comentários

Anterior Proxima Página inicial