MBL anuncia em Curitiba que deixou o barco de Jair Bolsonaro


Dentre as posições tomadas no 3º Congresso Nacional, em Curitiba, o MBL (Movimento Brasil Livre) anunciou neste sábado (23) que pulou fora do barco do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O capitão reformado foi apresentado à plateia do evento, formada majoritariamente por acadêmicos da Universidade Positivo, como uma pessoa incapaz de ser presidente da República.

Além de descer o relho em Bolsonaro, o MBL saiu em defesa do ex-presidente Michel Temer (MDB) preso na última quinta-feira (21) pela operação lava-jato.

Para o movimento protofascista, repetindo o discurso de Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente da República tem que deixar o Twitter para fazer a reforma da previdência, qual seja, ferrar os trabalhadores com o fim da aposentadoria.

Quanto ao congresso, ‘orelhas seca’ do Blog do Esmael asseguram que foi mais esvaziado que estádio em dia de jogo do Ibis — o pior time do mundo. (Blog do Esmael)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial