Sem brilho, Sport vira sobre Afogados 3 x 1




Com 3 a 1 na Ilha do Retiro, Leão se iguala a Náutico na ponta do Pernambucano, mas fica atrás nos critérios e pode ser ultrapassado pelo Central

A primeira parte do jogo foi arrastada. O Sport tinha mais posse, mas não conseguiu transformar isso em volume de jogo, muitas chances ou pressão. Teve mais oportunidades, é verdade, mas longe de ter feito uma grande etapa. O Afogados veio com uma proposta defensiva - mas também não a executou bem. O Leão conseguiu incomodar em alguns lances por erros da retaguarda sertaneja. Especialmente do lado direito, com Ezequiel. O gol leonino, no entanto, só saiu em bola parada. Rafael Thyere marcou. Antes, Rodrigo havia marcado para o Afogados.

A partida não ganhou intensidade no segundo tempo. Com poucas oportunidades para os dois lados, o duelo teve as mesmas propostas e execuções do primeiro tempo: Sport com a posse e sem criatividade, Afogados recuado, mas com pouca capacidade de contra-atacar. No final das contas, melhor para o Leão, que aproveitou mais uma bola parada e virou o jogo com Ezequiel. Elvis ainda tentou assustar Maílson aos 45, mas a resposta rubro-negra foi definitiva, com Elton marcando o terceiro no apagar das luzes.

Após o duelo contra o Afogados, na sétima rodada, o Sport só volta a entrar em campo no dia 13/03, uma quarta-feira, quando enfrenta o Salgueiro, na Ilha do Retiro, às 21h30. O Afogados joga no mesmo dia, mas um pouco mais cedo: às 20h, recebe, no Vianão, o Flamengo de Arcoverde. (Globoesporte)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial