Estado investe 26 milhões em medicamentos

Imagem relacionada

O Governo do Estado diz que vem trabalhando em um plano de reestruturação da Farmácia de Pernambuco, com o objetivo de manter os estoques abastecidos e, assim, garantir a assistência aos usuários do SUS. “Uma força tarefa, envolvendo vários setores estratégicos do órgão estadual foi montada para que as entregas sejam normalizadas no menor tempo possível”, informa o deputado estadual Isaltino Nascimento, líder do Governo na Alepe. Foi o que informou o Blog do Magno.

Hoje, foi realizada uma reunião junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para que a instituição possa também, de forma articulada, atuar junto às empresas que estão com entregas atrasadas e garantir que os prazos sejam cumpridos pelos fornecedores, garantindo, dessa forma, o recebimento dos medicamentos pela população. 

“É importante destacar também que o tesouro estadual investiu, nos últimos três meses, um montante de R$ 26 milhões com medicamentos, enquanto recebe de financiamento do Governo Federal para a área pouco mais de R$ 1 milhão por mês – contrapartida que está muito aquém aos preços dos medicamentos praticados atualmente no mercado”, completa Isaltino. 

Segundo o Governo, apesar da crise financeira e desta baixa contrapartida federal, o serviço da Farmácia de Pernambuco vem sendo expandido a cada ano. Em 2015, atendia 32 mil pessoas e, atualmente, o cenário é de 54 mil pessoas. A cada mês cerca de 1,5 mil novos usuários ingressam no programa. Pernambuco ainda ocupa o posto de maior incorporador de fármacos do SUS no Brasil, com mais 75 novos remédios incluídos na cesta de medicações desde 2010.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial