Governo “aceita” mudar quatro itens que não mudam nada na Previdência


O governo Bolsonaro mandou dizer que aceita retirar da PEC da Previdência Social quatro pontos para tentar a aprovação na CCJ nesta terça-feira (23). O problema é que são os “jabutis” que nem deveriam estar na proposta.

Os quatro pontos que o governo admite mudar são o que retira a obrigatoriedade de recolhimento de FGTS de aposentados e do pagamento da multa de 40% da rescisão contratual deles.

O que define o foro de Brasília para qualquer tipo de ação judicial sobre questões da reforma.

A retirada da definição de aposentadoria compulsória da Constituição, transferindo mudanças para lei complementar.

E o que deixa apenas nas mãos do Executivo federal qualquer proposta de alteração nas regras da Previdência.

Resta saber se o centrão e o PSL engolem essa balela. A oposição vai “pro pau”.

Com informações do G1.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial