Lula: 'Quem nasceu em Pernambuco e não morreu de fome até os cinco anos de idade, não se curva mais a nada'


"Aqui eles têm um pernambucano teimoso" disse o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em entrevista realizada na manhã desta sexta-feira (26). O petista recebeu, na última quinta-feira, a permissão de se encontrar com os jornalistas Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo e Florestan Fernandes Júnior, do El País, para concender a primeira entrevista após sua prisão, em Curitiba. 

"Quem nasceu em Pernambuco e não morreu de fome até os cinco anos de idade, não se curva mais a nada" falou o presidente, com a voz falhada. "Você pensa que eu não gostaria de estar em casa? Eu adoraria estar em casa com a minha mulher, adoraria estar em casa com meus filhos, adoraria estar em casa com meus netos, adoraria estar em casa com meus companheiros, mas não faço nenhuma questão. Por que eu quero sair daqui com a cabeça erguida como eu entrei: inocente" Foi o que publicou o Diário de Pernambuco.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial