Bolsonaro repete Collor: não me deixem só!


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) arrisca seu mandato na manifestação do próximo domingo, dia 26. Ele acredita que poderá transformar os robôs do Twitter em gente de carne e osso nas ruas.

As últimas passeatas convocadas por Deltan Dallagnol e Sérgio Moro, para defender a lava jato, foram vergonhosas. Não reuniram pessoas para sequer segurar as faixas nos protestos.

Bolsonaro é mais apelativo. Culpa o Congresso, o STF e os militares por sua incompetência no governo. Nenhuma autocrítica acerca do projeto neoliberal, da reforma da previdência que aniquila a aposentadoria e o futuro dos brasileiros.

O presidente também não desconfia que a perda de apoio tem a ver com os cortes na educação e na saúde, na escalada do desemprego e aumento da pobreza no país. Se isola do parlamento e do povo. Xinga de “idiotas” os estudantes.

Nas vésperas da manifestação de 26 de maio, Bolsonaro repete o mesmo bordão que Collor de Mello dias antes do impeachment: não me deixem só; eu preciso de vocês!

Nunca é demais lembrar que Collor também convocou em 1992 seus apoiadores a saírem às ruas vestidos de verde-amarelo. Só apareceram os que protestavam contra ele vestindo preto. A informação é do Blog do Esmael.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial