Deputados de Pernambuco saem ‘frustrados’ de reunião com Bolsonaro


Parte dos deputados de Pernambuco que participaram do encontro do presidente Jair Bolsonaro (PSL) com a bancada do Nordeste, nesta quarta-feira (22), no Palácio do Planalto, saiu com sentimento de “frustração”. Para Bispo Ossésio (PRB), Felipe Carreras (PSB) e Raul Henry (MDB), apesar de ter falado sobre reivindicações regionais como a retomada da Transnordestina, não foram apresentados planos. A estimativa dos três é de que cerca de metade dos parlamentares nordestinos foi à reunião.

“Foi frustrante para a bancada. Não foi anunciado nada de concreto, começou com discurso genérico”, disse Carreras.


Em relação à Transnordestina, por exemplo, segundo Carreras, “não foi anunciado valor, prazo”. Raul Henry disse que a obra “será retomada com atual empresa privada”.

Carreras foi o único nome do PSB na reunião, depois que o partido, que havia confirmado presença, recuou e desistiu de ir ao café da manhã. A sigla alegou que o Congresso tem sofrido ataques.

O deputado alegou que foi cumprir um “papel institucional”. “É um presidente constituído, eleito de forma democrática, que não convidou para evento festivo, e sim para dialogar. Nunca vou me furtar de fazer parte de reunião para tratar de interesses do povo”, disse. Apesar disso, disse que preferia não comentar a decisão do partido.

“Foi uma fala institucional, mas nenhum dos assuntos foi aprofundados, nada assim tão importante, esperávamos bem mais”, concordou Bispo Ossésio.

Segundo o deputado, em seu discurso, Bolsonaro falou sobre a primeira viagem ao Nordeste, marcada para esta sexta-feira (24). O presidente estará no Recife para participar da reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Bolsonaro também vai a Petrolina, no Sertão, para a entrega de unidades do Minha Casa Minha Vida. A informação é do Blog de Jamildo.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial