Discurso que elegeu Bolsonaro não permite que ele governe, diz Barroso


Do UOL, em São Paulo

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso disse na noite de ontem que o discurso adotado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) durante a campanha eleitoral não tem permitido que ele governe o país.

"Acho que temos uma situação em que o presidente da República foi eleito com 58 milhões de votos com um discurso antiestablishment, contra o sistema, contra 'tudo isso que está aí'. E, no entanto, para fazer as mudanças que o Brasil precisa é preciso negociar com esse sistema, porque o sistema não mudou", declarou Barroso em entrevista à GloboNews.

"Portanto, eu diria que as tensões deste momento são as tensões decorrentes do fato de o discurso que o elegeu não permite que você governe", completou.

Apesar disso, Barroso afirmou não achar que o Brasil vive um risco de crise institucional entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e que o que há hoje são "turbulências políticas".

"Acho que as instituições foram capazes de resolver todas as crises, acho que estamos vivendo um momento institucionalmente complexo", disse.

Desde que começou o seu mandato, o governo Bolsonaro vive entre afagos e rusgas com o Congresso Nacional e o STF o que o tem impedido de fazer caminhar as reformas propostas pelo Executivo no Parlamento. Os dois poderes foram os principais alvos das manifestações em apoio a Bolsonaro realizadas no último domingo.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial