Estagiários da UFRPE acompanham Assistência Técnica a caprinocultores de Calumbi

Estagiários da Unidade Acadêmica de Serra Talhada (UAST/UFRPE) acompanharam as atividades de Assistência Técnica a caprinocultores e a unidades didáticas do escritório do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), em Calumbi, ligado à Gerência Regional do Instituto de Serra Talhada. A visita ocorreu na quarta-feira (24).

O grupo foi acompanhado pelo técnico do Escritório Municipal do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Antônio Pereira de Barros, em visitas de ATER, juntamente com estagiários do curso de Agronomia da UAST, Erison Martins e Simone Andrea.

 A atividade começou no Sítio Monte Alegre, de Evandro José do Nascimento e Francisca Maria dos Santos, que possui uma área de 28,0 hectares, explorado de forma simples, porém eficiente com agricultura de sequeiro, pastagens e criação de ovinos e caprinos. 

Os agricultores começaram a receber ATER, por meio do IPA no ano de 2011, participando entre outras ações de: Curso sobre Manejo e Sanidade, Distribuição de Sementes de Palma Forrageira, Milho, Feijão e Sorgo, como também foi viabilizado o acesso da mesma ao microcrédito do PRONAF de forma a alavancar a principal potencialidade do imóvel, promovendo o aumento do rebanho caprino de 40 cabeças em 2011 para um rebanho médio na atualidade de 150 caprinos e 10 ovinos.

 O casal atesta que, neste ano, obteve com a venda de caprinos de janeiro a abril R$ mil, valor mensal médio apenas com a caprinocultura de  R$ 1 mil, confirmando a vocação da família na atividade, como também a eficiência e importância das orientações e atividades desenvolvidas pela ATER junto a mesma.

  “Visitamos também uma Unidade Didática em forma de “Quintal Produtivo” na área externa do nosso Escritório Municipal de Calumbi, onde cultivamos  e mantemos experiências no combate a praga da Cochonilha, multiplicamos em pequenas quantidades  e distribuímos sementes de palma forrageira e algumas sementes crioulas, cultivamos como experimentos: mamão, macaxeira, andu, abobora, hortaliças e amendoim objetivando repassar orientações e mantemos um pequeno minhocário produzindo adubo orgânico”, conta o supervisor Regional de Extensão Rural, Tito Ferraz Jota.

Fonte: Núcleo de Comunicação do IPA

Comentários

Anterior Proxima Página inicial