Grupo de policiais militares divulga manifesto por ‘Lula livre’

Foto Internet
Um grupo de policiais militares de diversos estados do país divulgou um manifesto no qual defende a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso político há mais de um ano na sede da Polícia Federal (PF), em Curitiba.

O grupo de policiais e bombeiros lembra a anistia concedida pelo então presidente Lula aos militares punidos por participarem de movimentos reivindicativos nos estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Roraima, Tocantins, Pernambuco, Mato Grosso, Ceará, Santa Catarina e Distrito Federal.

“Lula está preso há mais de um ano em processo que não transitou em julgado. O Supremo Tribunal Federal ainda não decidiu de forma definitiva se é legal ou não a prisão com decisão em segunda instância quando a liberdade do réu não põe em risco nem a sociedade e nem o processo”, diz a nota.

Os signatários lembram que a questão da prisão após julgamento de segunda instância não foi julgada pelo STF “por decisão discricionária do atual e da ex-presidente daquela corte”, os ministros Dias Toffoli e Cármen Lúcia, respectivamente.

Eles pedem aos profissionais de segurança pública que quiserem assinar a nota para enviar mensagem de e-mail até o dia 12 de maio para os seguintes contatos:

Amauri Soares (amaurisoaresnovo@gmail.com), Rafael Cavalcante (ralfael@hotmail.com) Kleber Rosa (kleberrosa@yahoo.com.br), Klaudeir Teles Gonçalves (klaudeirteles@gmail.com) e Dalchem Viana (dalchem@hotmail.com).

*As informações são da RBA

Comentários

Anterior Proxima Página inicial