Pescadores de Serra Talhada buscam serviços de ATER do IPA


Pescadores da Colônia Nossa Senhora Aparecida, em Serra Talhada, participaram de duas reuniões, no sábado (25) e domingo (26). O evento foi realizado atendendo à solicitação do presidente da referida colônia, Duquinha, que busca os serviços de Assistência Técnica para os associados.

As reuniões foram conduzidas pelos engenheiro de pesca e pesquisador do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Carlos Guerra, hoje lotado e prestando serviços na área de Extensão Rural da GERE - Serra Talhada com apoio da extensionista, Graça Soares.

“Em atendimento a demanda, pensamos e formatamos um cadastro/diagnostico o qual foi aplicado aos 74 participantes, para identificar a atual situação dos mesmos no tocante estrutura já existente,  sua organização, nível de renda, condições de trabalho em termos de equipamentos e apetrechos de pesca, forma e locais de comercialização da produção e assim dimensionar o tamanho do desafio e os caminhos a serem trilhados”, explicou Tito Ferraz, supervisor regional de Extensão Rural GERE Serra Talhada .

Com esses dados, será realizado o enquadramento daqueles que apresentarem as condições previstas para obtenção da DAP, como pescador artesanal, identificando-se a demanda de capacitação. “Tentaremos junto aos agentes financeiros os recursos necessários através do PRONAF para impulsionar a atividade e melhorar as condições da pesca e beneficiamento primário do pescado, para que possamos pensar em certificação e abrir mercado com um produto de qualidade compatível com as exigidas pela legislação”, destaca ele. Será iniciado , a  partir desta segunda-feira (27), a análise dos dados e o planejamento das ações junto aos pescadores artesanais. (IPA)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial