Moro desiste de audiência na Câmara para explicar mensagens


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, cancelou a sua ida à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados para prestar esclarecimento sobre as mensagens vazadas entre ele e procuradores da operação Lava Jato. A audiência estava marcada para acontecer na próxima terça-feira (26).

Segundo reportagem do jornal O Globo, o ministro limitou-se a comunicar por meio de sua assessoria que não poderia comparecer, sem propor uma nova data para a audiência.

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP), integrante da CCJ, disse que vai apresentar um requerimento de convocação do ministro.

“Assim que surgiram as comunicações das conversas dele com Dallagnol, ele logo quis ir para tentar neutralizar. Foi ao Senado e ele mentiu no Senado. Quando ele falou no Senado, achou que tinha feito um importante trabalho. Só que depois que saíram as novas publicações, ele está fugindo desse debate. Então vamos entrar com um requerimento de convocação”, disse o deputado petista.

De acordo com Paulo Teixeira, a ideia é protocolar o requerimento de convocação na segunda-feira (24), em conjunto com outros parlamentares da oposição, e levá-lo à votação na próxima sessão da CCJ, na terça (26).

Com informações do O Globo/Blog do Esmael

Comentários

Anterior Proxima Página inicial