Toffoli dá cinco dias para Moro e PF informar se investigam Greenwald


O Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, deu um prazo de cinco dias para que o ministro Sérgio Moro (Justiça) e a Polícia Federal (PF) informem se o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil, está sob investigação.

O despacho é desta segunda-feira (15), em análise de ação ajuizada pelo partido Rede Sustentabilidade para suspender qualquer investigação contra o jornalista.

Após o recebimento das informações, Toffoli também requisitará manifestações sobre o assunto da Advocacia-Geral da União (AGU) e da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Vários meios de comunicação noticiaram que a PF, subordinada a Moro, teria solicitado ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) investigação das contas do jornalista com o objetivo de “verificar qualquer movimentação atípica que possa estar relacionada à invasão dos celulares de integrantes da Lava Jato”.

A ação da Rede está sob a relatoria do ministro Gilmar Mendes. (Blog do Esmael)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial