Alepe vai até os 184 municípios


Do Diário de PE

Com o objetivo de se aproximar da sociedade, a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) inicia, dia 20 deste mês, o projeto Alepe nos Municípios, que vai percorrer as 184 cidades pernambucanas promovendo palestras, consultorias e ações educativas para divulgar o trabalho que é realizado na Casa Joaquim Nabuco.

“Entendemos que é importante a Assembleia estar de portas abertas para a população, mas chegamos à conclusão de que é pouco. Por isso, estamos indo ao encontro da população, para levar esclarecimento sobre as leis que aprovamos, para que o cidadão tenha verdadeira compreensão das nossas competências e possa nos cobrar com mais propriedade”, afirmou o presidente da Alepe, Eriberto Medeiros. Ele também disse que é necessário levar qualificação aos servidores de câmaras municipais e de prefeituras: “Temos um corpo técnico capacitado que, através de parcerias, chegará aos 184 municípios levando a nossa mensagem de promoção do bem-estar das pessoas, da cidadania plena”, destacou o deputado.

Os trabalhos vão durar dois anos e meio e envolverão vários setores do Legislativo, como Superintendência Geral; Consultoria; Ouvidoria; Comunicação Social, Superintendência de Informática e Escola do Legislativo. O primeiro município a receber a visita da Alepe será Timbaúba, dia 20, na Zona da Mata Norte, depois o projeto segue para Ipojuca (21), na Região Metropolitana do Recife, e Vitória de Santo Antão (22), na Zona da Mata Sul. A Alepe quer visitar seis municípios por mês, em grupos de três.

Os parlamentares podem participar das ações que vão desde palestras sobre o Poder Legislativo estadual na estrutura político-administrativa do Brasil, até as atribuições dos deputados, nos termos das constituições federal e estadual, passando sobre as possibilidades de participação popular no âmbito do poder Legislativo. Também serão realizadas atividades lúdicas, como a Ouvidoria Itinerante, que recolherá sugestões e reclamações dos cidadãos para que a Alepe possa contribuir de maneira efetiva para a solução dos problemas que afetam a população. E um jogo de Perguntas e Respostas que abordará questões relativas à Assembleia e terá como participantes os estudantes do ensino médio da Rede Pública de Ensino.

Para o superintendente de Comunicação Social da Alepe, Ricardo Costa, o projeto é um movimento dos parlamentares ao encontro aos anseios do povo para falar do trabalho que realizam e dizer dos benefícios que ele resulta para Pernambuco e sua população. “É para os pernambucanos acompanharem de perto as ações que são desenvolvidas, através de todos os mecanismos de divulgação que a Assembleia dispõe”.

Comentários

Anterior Proxima Página inicial