Fernando Haddad cita prazo para liberdade de Lula


Em ato público realizado na manhã deste sábado (31), no Mercado de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife, o ex-candidato nas eleições de 2018, Fernando Haddad, comentou sobre a possibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sair da Superintendência da Polícia Federal no Paraná, onde cumpre pena desde abril do ano passado, pela Operação Lava-Jato, por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá (SP).

''Eu acho que está cada vez mais claro para o judiciário que foram cometidos algumas injustiças com o presidente Lula. Tem muita decisão sendo revertida, e a gente espera que a decisão que condenou Lula também seja revista, porque não teve um amplo direito de defesa e o juiz condenou sem provas. Sem que um crime tenha sido cometido''.

Pedido de liberdade

Na última quinta-feira (29), O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou um pedido de Habeas Corpus feito pela defesa de Lula para determinar a soltura do ex-presidente. No entanto, Fernando Haddad foi enfático ao comentar em relação à liberdade do ex-presidente.

''Independente disso, Lula deve sair até o final de setembro, e nós vamos poder caminhar o país com ele, explicando o que aconteceu, explicando o que está acontecendo com o Brasil no governo Bolsonaro e apresentando um projeto que retome o desenvolvimento de todas as regiões, mas com atenção especial para o Nordeste, que a gente sabe que começou uma mudança de vida com o governo Lula, mas que precisa continuar'', comentou. (Tv Jornal)

Comentários

Anterior Proxima Página inicial