'Nunca precisei mamar em teta nenhuma', diz Doria em resposta a Bolsonaro


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta sexta-feira (30), nunca precisou de benesses em sua carreira. A declaração foi feita em resposta ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), que em live nessa quinta (29) afirmou que Doria "estava mamando" no governo do PT, referindo-se, mais uma vez, à compra de aviões com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O tucano está em Berlim, na Alemanha, onde participa de uma apresentação da Volkswagen sobre compartilhamentos de veículos. Lá, Doria, questionado se manteria alguma relação de amizade com os ex-presidentes pelo PT, negou. "Não, ao contrário. Tenho posição bem distinta. Nunca precisei mamar em teta nenhuma."

Sobre o avião financiado pelo BNDES, o governador paulista disse que "isso gerou empregos, impostos e oportunidades para brasileiros aqui por meio da Embraer". "O financiamento do avião que compramos, um Legacy 650, foi feito juntamente com outros 135 financiamentos de aviões executivos para empresas brasileiras e internacionais. É assim no mundo: os competidores da Embraer também financiam os aviões executivos e com isso gerou empregos, impostos e oportunidades para brasileiros aqui por meio da Embraer, que disputa o mercado mundial com outros três competidores", falou.

Para João Doria, não há problema em divulgar a informação, que já era pública. (JC Online

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo)

Veja matéria completa aqui!

Comentários

Anterior Proxima Página inicial